Tuning e Acessórios para Carros Iranduba AM

Tuning e Acessórios para Carros em Iranduba. Encontre endereços e telefones de lojas, concessionárias e autorizadas em Iranduba.

Pole Position Tecnologia
(92) 3648-0999
Rua Parintins 50
Manaus, Amazonas
 
Color Car
(92) 3622-4742
Rua Major Gabriel 1579
Manaus, Amazonas
 
Jomac
(92) 3232-5010
Avenida Duque de Caxias 1789
Manaus, Amazonas
 
Dantas Car
(92) 3233-1948
Avenida Visconde de Porto Seguro 671
Manaus, Amazonas
 
Autopeças Fortaleza
(92) 3248-2030
Avenida Cosme Ferreira 5548
Manaus, Amazonas
 
Pemaza Comércio de Autopeças
(92) 3581-0386
Avenida Max Teixeira 2011
Manaus, Amazonas
 
Centro Automotivo Porto Seguro
(92) 3342-2081
Avenida Mário Ypiranga 1906
Manaus, Amazonas
 
Tito Autopeças
(92) 3238-8516
Rua 4 118 A
Manaus, Amazonas
 
Pick-Up Total
(92) 3233-1427
Rua Visconde de Porto Alegre, 1225
Manaus, Amazonas
 
Stetsom da Amazônia Indústria e Comércio Ltda
(92) 3236-8019
Rua 2 11 bl 11 ap 11C
Manaus, Amazonas
 

Tuning e Acessórios para Carros

Há alguns anos a palavra tuning invadiu o vocabulário dos brasileiros que são apaixonado por carros e um novo conceito de personalização de automóveis surgiu no Brasil: O “Carro Tunado”.

O que muitos não sabem é que a palavra tuning é mais antiga do que o filme Velozes e Furiosos! Muitos acham que o tuning nasceu depois do filme lançado em 2001 e que consagrou o modelo que fez muitas pessoas levarem suas finanças pessoais à falência.

Em inglês a palavra tuning significa ajuste fino. Sabendo que os seres humanos são eternamente insatisfeitos, podemos então chegar a conclusão que o tuning automotivo sempre existiu e nunca deixará de existir.

Mas quando e onde a palavra tuning começou a ser utilizada? Algumas pessoas dizem que o tuning nasceu na Europa, outros dizem que nasceu nos Estados Unidos com os Hot Rods, mas prefiro acreditar na versão europeia pela profissionalização que o setor atingiu ao longo dos anos.

O carro tuning é um veículos que tem seu projeto alterado para ser melhor do que o carro original. Geralmente as alterações começam por itens de desempenho, chegando a troca de peças da carroceria para alívio de peso.

Afinador ou preparador seriam as traduções para o português da palavra “Tuner”, que é quem faz o projeto de modificação no veículo. Na Europa isto é levado tão a sério que algumas empresas se especializam em “tunar” somente uma marca específica.

Assim nasceram empresas como a AMG, que foi absorvida pela Mercedes-Benz e hoje assina todos os modelos esportivos da marca. A maioria desses tuners nasceram na Alemanha e por isso é normal que a maioria deles sejam especializados em modelos alemães.

A Oettinger e ABT se especializaram em veículos VW, Alpina e AC Schnitzer são especialistas em BMWs, a Brabus e Carlsson fazem sucesso com seus Mercedes. Temos tambem empresas especializadas em Porsches, Audis, Opels… Como postei anteriormente, vida chata a do pessoal alemão.

Este é o verdadeiro tuning, onde o carro é modificando visando entregar ao motorista uma experiência nova de condução. A maioria destas empresas vendem equipamentos criados por uma equipe de engenharia que testam os produtos exaustivamente.

Para poder rodar com um carro modificado na Europa é necessário que os acessórios sejam aprovados pelo TÜV, orgão que faz por lá um trabalho parecido com o nosso INMETRO. E para atender a essas normas não podem vender coisas como as que vemos proliferar no Brasil.

O tuning hoje é difundido em todo o mundo, porém em países em desenvolvimento como o Brasil nos deparamos com um problema que banalizou o uso da palavra tuning, a falta de informação.