Fiat 500 Manaus, Amazonas

Fiat 500 em Manaus. Onde comprar, preço, modelos e versões. Encontre aqui endereços e telefones de lojas de carros, concessionárias e autorizadas em Manaus que vendem Fiat 500.

Bahia Veículos
(92) 3233-4871
Rua Ipixuna 775
Manaus, Amazonas
 
Renatinho Veículos
(92) 3663-5757
Avenida André Araújo 691
Manaus, Amazonas
 
Dodo Veículos
(92) 3637-6966
Rua Pará 640
Manaus, Amazonas
 
Murano Veículos
(92) 2125-2100
Avenida Cosme Ferreira 443
Manaus, Amazonas
 
Dodo Veículos
(92) 3233-5808
Rua Recife 900
Manaus, Amazonas
 
Menezes Veículos
(92) 3236-7124
Rua Recife 3380
Manaus, Amazonas
 
Monttana Veículos
(92) 2125-7200
Rua Recife 20884
Manaus, Amazonas
 
W10k
(92) 3642-3823
Rua Recife 2326
Manaus, Amazonas
 
K Veículos
(92) 3622-2270
Avenida Ramos Ferreira 797
Manaus, Amazonas
 
33 Automóveis
(92) 2129-3300
Avenida Djalma Batista 935
Manaus, Amazonas
 

Fiat 500 Consumo

O Novo Fiat 500, que é a grande sensação das ruas da Itália, chegou ao Brasil há pouco tempo. Com um design que chama a atenção, o pequeno carro já está sendo cobiçado por centenas de brasileiros, desde que esse estava apenas nas ruas italianas. Além da beleza, o que chama a atenção para esse carro é o seu desempenho em relação ao consumo de combustível.Na cidade, sem muitas acelerações e freadas bruscas, o carro faz mais ou menos 12 km por litro, um resultado excelente comparado à muitos outros carros. Isso deve ser para compensar o seu preço que é um pouco elevado. O pequeno automóvel custa mais de 60 mil reais. Quando foi lançado, muitas pessoas acreditavam que pelo seu tamanho, teria um preço menor.Chegando a quase 600km/h em uma trajeto entre duas cidades italianas, o Fiat 500 consumiu apenas 15 quilômetros por litro. Com esses dados chegamos à conclusão que esse carro é super econômico, pois muitos outros carros brasileiros fazem metade da quilometragem com a mesma quantidade de combustível.Você encontra o Fiat 500 nas melhores concessionárias da Fiat em todo o Brasil. Chegou nas principais capitais no final de setembro e até os primeiros meses de 2010 deve estar presente na maioria das cidades do país.