Fiat 500 Careiro da Várzea AM

Fiat 500 em Careiro da Várzea. Onde comprar, preço, modelos e versões. Encontre aqui endereços e telefones de lojas de carros, concessionárias e autorizadas em Careiro da Várzea que vendem Fiat 500.

Ag Veículos
(92) 3247-1000
Avenida Brigadeiro Hilário Gurjão, 1714
Manaus, Amazonas
 
Auto Prime
(92) 3633-4105
Avenida Duque de Caxias 1599
Manaus, Amazonas
 
Aemundo
(92) 2121-0322
Rua Japurá 1593
Manaus, Amazonas
 
Dodo Veículos
(92) 3234-3425
Avenida Ramos Ferreira 2373
Manaus, Amazonas
 
Mult Car
(92) 3639-1331
Avenida Cosme Ferreira 2625
Manaus, Amazonas
 
Monttana Veículos
(92) 2125-7200
Rua Recife 20884
Manaus, Amazonas
 
Bsn Veículos
(92) 3631-0387
Rua Borba 109
Manaus, Amazonas
 
Trilha Amazônica Veículos
(92) 3625-2953
Rua Coronel Teixeira 1056
Manaus, Amazonas
 
Cicar Veículos
(92) 3231-1616
Rua Japurá 495
Manaus, Amazonas
 
Real Veículos
(92) 3234-1883
Rua Japurá 1110
Manaus, Amazonas
 

Fiat 500 Consumo

O Novo Fiat 500, que é a grande sensação das ruas da Itália, chegou ao Brasil há pouco tempo. Com um design que chama a atenção, o pequeno carro já está sendo cobiçado por centenas de brasileiros, desde que esse estava apenas nas ruas italianas. Além da beleza, o que chama a atenção para esse carro é o seu desempenho em relação ao consumo de combustível.Na cidade, sem muitas acelerações e freadas bruscas, o carro faz mais ou menos 12 km por litro, um resultado excelente comparado à muitos outros carros. Isso deve ser para compensar o seu preço que é um pouco elevado. O pequeno automóvel custa mais de 60 mil reais. Quando foi lançado, muitas pessoas acreditavam que pelo seu tamanho, teria um preço menor.Chegando a quase 600km/h em uma trajeto entre duas cidades italianas, o Fiat 500 consumiu apenas 15 quilômetros por litro. Com esses dados chegamos à conclusão que esse carro é super econômico, pois muitos outros carros brasileiros fazem metade da quilometragem com a mesma quantidade de combustível.Você encontra o Fiat 500 nas melhores concessionárias da Fiat em todo o Brasil. Chegou nas principais capitais no final de setembro e até os primeiros meses de 2010 deve estar presente na maioria das cidades do país.