Carros Elétricos Cuiabá, Mato Grosso

Carros Elétricos em Cuiabá. Onde comprar, preço, modelos e versões. Encontre aqui endereços e telefones de lojas de carros, concessionárias e autorizadas em Cuiabá que vendem Carros Elétricos.

Spa Loja de Automóveis
(65) 3616-3600
Avenida Fernando Correa da Costa 716
Cuiabá, Mato Grosso
 
Shalon Veículos
(65) 3634-8888
Avenida Miguel Sutil 1385
Cuiabá, Mato Grosso
 
Flex Automóveis
(65) 3625-5135
Rua Barão de Melgaço 86 lt 86 lj 86
Cuiabá, Mato Grosso
 
José Carlos Fernandes Casula
(65) 3052-0123
Rua Seriema qd 21 lt 28
Cuiabá, Mato Grosso
 
Galáxia Multicar
(65) 2123-6060
Avenida Fernando Correa da Costa 1944
Cuiabá, Mato Grosso
 
Marca Automóveis
(65) 3634-9497
Avenida Carmindo de Campos 2336
Cuiabá, Mato Grosso
 
Vip Automóveis
(65) 3322-7822
Avenida João Gomes Monteiro Sobrinho 555
Cuiabá, Mato Grosso
 
Zancar Veículos
(65) 3634-9007
Avenida Carmindo de Campos 2357
Cuiabá, Mato Grosso
 
Prime Veículos
(65) 3623-3316
Avenida Miguel Sutil, 700
Cuiabá, Mato Grosso
 
Cuiabá Diesel
(65) 2121-4800
Avenida Fernando Correia 5635
Cuiabá, Mato Grosso
 

Carros Elétricos no Brasil

Está previsto para 2015 a chegada dos carros elétricos no Brasil. Vai ser uma novidade e tanto para nós brasileiros, que sempre fomos acostumados a dirigircarros movidos a combustíveis, como gasolina, etanol, entre outros.Os carros elétricos é uma novidade que já movimento o mercado mundo a fora, e em breve movimentará o do Brasil, apesar de considerarem que as capitais de nosso país estão atrasadas para receber os novos carros, em relação a infraestrutura que é necessária ter.De acordo com o site do Autoesporte, no Brasil, as montadoras que mais investem em veículos elétricos são Fiat, que desenvolve o Palio elétrico em parceria com a Itaipu Binacional — e a Mitsubishi, cujo modelo i-MiEV já roda em São Paulo para testes.A meta das montadoras, ou mais especificamente da Mitsubishi é passar a vender para o público comum em 2015, o que não está nada longe.Em relação a recarga da bateria dos carros as fabricantes desenvolveram dois sistemas, um que carrega 100% da bateria durante sete horas, se plugado em uma tomada de 220 v e, outro, que em 30 minutos abastece 80% da capacidade total do veículo. É nesta segunda opção que devem se concentrar os postos de abastecimento.O empresário Eike Batista, da EBX. Ele anunciou que vai construir uma fábrica de carros elétricos no Porto do Açu, no Rio de Janeiro. Segundo a Associação Brasileira do Veículo Elétrico, o empresário disse que já existem negociações com fornecedores de tecnologia japoneses e europeus e que a ideia é iniciar a produção em até quatro anos. O investimento estimado é de US$ 1 bilhão.